Desde o inicio das civilizações o homem moderno vem buscando diversas formas de facilitar a vida de um modo geral, para isso grandes coisas foram inventadas, tais como a roda, relógio, luz elétrica entre outras descobertas.

Em meados de 1899 Albert Marshall inventou a primeira geladeira, que era um composto de duas caixas metálicas em cobre ou bronze, onde entre elas eram depositados cubos de gelo naturais coletados na natureza durante o inverno e em seu centro eram colocados alimentos, bebidas entre outros.

Esta grande busca em desenvolver as geladeiras foi devido a necessidade de conservar alimentos por mais tempo, uma vez que descobriram que os alimentos demoravam mais tempo para apodrecer, principalmente as carnes de caça, se estivessem expostas a baixas temperaturas. Este utensilio doméstico ganhou o nome de geladeira pois utilizava gelo para refrigerar os alimentos.

Primeira geladeira elétrica residencial

Dezenas de anos depois James Harris viria a inventar o primeiro refrigerador, no entanto para uma indústria alimentícia e com grandes dimensões. Em 1923 Fred W. Wolf cria então a primeira geladeira elétrica residencial. Ainda um tanto quanto diferente do modelo que conhecemos hoje, o compressor (responsável pelo processo de resfriamento) esquentava tanto que era colocado na parte de cima para não aquecer o refrigerador.

Com o passar dos tempos e com o avanço das tecnologias novos modelos de refrigeradores foram existindo, mas tudo partindo do principio de compressão a vapor, inicialmente inventado pelo Fred W. Wolf.

No Brasil e no mundo a General Eletrics GE, foi a pioneira na fabricação de refrigeradores em grande escala e até meados dos anos 80 era o principal fabricante do mundo de refrigeradores. Com o passar do tempo outras diversas marcas nacionais e internacionais começaram a entrar no mercado criando hoje uma grande variedade e opções de equipamentos.

Projeto SCS Engenharia (EBD Itapevi)

Com aumento da população e com a chegada da revolução industrial, a indústria de alimentos começou a expandir, uma vez que a mesma tinha potencial de estocar mercadoria, surgindo ai então as primeiras câmaras frigorificas, que a principio tinham função de congelar e estocar as carnes que eram processadas no abate de animais em seus frigoríficos. Logo mais adiante as câmaras frigorificas deixaram de levar este nome e passaram a ser chamas de câmaras frias, pois dali em diante não estariam presentes somente nos frigoríficos, mas também em diversos setores da indústria e do comércio, tais como: indústria de bebidas, indústria de laticínios, supermercados atacadistas e varejistas, restaurantes e bares, criando assim uma diversificação gigantesca da aplicação destas câmaras.

Nós da SCS Engenharia, atuamos no setor de frio alimentar, principalmente na montagem e projetos de câmaras frias para todos setores do mercado. Caso queira conhecer um pouco mais acesse nossa página de câmaras frias clicando aqui.

 

As câmaras frias apesar de terem sido criadas com intuito de utilização em lugares com grande volume de produção, hoje em dia são muito utilizadas em restaurantes que buscam redução no consumo de energia elétrica e também na economia de espaço, uma vez que armazenar em freezers e refrigeradores acaba ocupando muito espaço.

Escrevemos uma matéria em especial para falar sobre as vantagens das câmaras frias, descubra acessando: Porque devo comprar uma câmara fria para meu negócio? Ou clique aqui.